Você tem meditado com frequência? Cuidar do nosso campo energético é fundamental para ter mais equilíbrio e aterramento. A Meditação das Rosas é uma ferramenta simples de usar e muito eficiente para limpar e proteger a energia da nossa Aura. Veja abaixo algumas dicas para transformá-la em um hábito:

1 – Coloque a Meditação das Rosas na sua agenda

Pode ser todo dia, três vezes por semana ou só no fim de semana. O importante é decidir com que frequência você quer/pode fazer, e incluir esta ferramenta na sua rotina de atividades. Coloque na agenda, para firmar seu compromisso com seu bem-estar energético.

2 – Faça a versão “pocket”

Se você estiver sem tempo para fazer a limpeza dos chakras completa, utilize a Meditação das Rosas pelo menos para proteger a energia da sua Aura e os espaços que você frequenta. Não vai levar mais do que cinco minutos e já vai fazer uma grande diferença no seu dia.

3 – Toda hora é hora

Não existe um momento ideal para limpar e proteger a energia da nossa Aura. Você pode tentar encaixar a Meditação das Rosas entre suas tarefas diárias da manhã, fazê-la antes de dormir, durante o banho ou até mesmo naqueles minutinhos entre um compromisso e outro.

4 – Todo lugar é lugar

Se não deu para fazer a Meditação das Rosas pela manhã sentadinh@ no silêncio da sua casa, não tem problema! Faça no ônibus, no Uber, no banco da praça ou na caminhada para o trabalho. Apenas reserve um momento para se concentrar na meditação.

5 – Tenha um áudio da Meditação das Rosas guiada sempre por perto

Ouvir a guiança da Meditação das Rosas pode ajudar muito a ter foco e não desperdiçar tempo. Existem versões com a meditação completa em 25 ou 30 minutos. Baixe um arquivo em seu computador e celular, e ouça sempre que você tiver um tempinho livre. Se não tiver um áudio, peça para seu professor enviar uma opção.

Ainda não conhece a Meditação das Rosas? Clique aqui para entender como ela funciona e saber as datas das próximas iniciações!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *