Nessa oportunidade, a nossa querida embaixadora Carla Sinesgalli nos fala sobre a maravilha da Auto-Leitura através da sua própria experiencia. A autoleitura é a Leitura da Aura feita por nós para nós mesm@s, uma excelente ferramenta de autoconhecimento disponível para tod@ Leitor(a).

Autoleitura. Hoje quero falar sobre ela. A Leitura da Aura é uma ferramenta já usada por muitas pessoas para compreender a si mesm@ e a vida, compreender melhor aquilo que estamos vivendo, mas para mim a auto-leitura é uma das versões mais difíceis da Leitura da Aura, e talvez por isso, menos usadas.

Eu já fiz muitas auto-leituras, mas fazia sempre umas versões pocket, lendo apenas a primeira rosa, e aos poucos fui parando porque me vi com muita dificuldade para me manter neutra, comecei a desconfiar do que estava lendo e realmente não conseguia ler as questões que estavam doloridas.

Aconteceu que há uns tempos atrás, eu estava sofrendo bastante com uma questão e estava querendo alguém que pudesse me ler nesse tema, e aí, em um determinado dia eu fui convidada para fazer uma leitura de grupo em um curso. Fiz uma ótima leitura e voltei para casa bem firme, meditada, com a leitura bem aberta no meu campo, tinha tempo e… resolvi me ler.

Gravei a leitura como se estivesse fazendo para outra pessoa e embarquei. Foi maravilhoso. A Leitura da Aura falou comigo de uma forma que eu nunca tinha vivenciado e eu pude ler aspectos de mim mesma que, posso afirmar, ninguém conseguiria alcançar.

Às vezes, quando eu leio alguém a Leitura usa algo do meu imaginário, como um filme que tenha me marcado, para me ajudar a acessar algo que eu preciso passar para aquela pessoa, mas desta vez, filmes, livros, pessoas e lugares do meu passado se tornaram símbolos de entendimento preciso e profundo para me trazer aquilo que eu precisava entender. Por exemplo, no meu quarto chakra eu vi uma imagem simples, uma máquina de escrever verde. Só isso. Mas essa máquina tem história. Eu a pedi de presente de Natal na adolescência, e nunca, nunca consegui escrever nela. Ela veio me mostrar como a minha criatividade, como forma de AMOR, está bloqueada naquela questão que eu estava lendo, e como isso se manifestou de formas diferentes em momentos diferentes da vida. A Leitura da Aura (mil vivas a ela!!!) falou comigo através das minhas memórias e afetos mais íntimos. Precisei parar duas vezes para simplesmente chorar.

Essa leitura me trouxe toda a guiança que eu precisava, de uma forma que, volto a dizer, ninguém conseguiria alcançar, me redirecionou, limpou, trouxe calma e entendimento profundo. Pra quem já fez o curso, é uma ferramenta que está aí, basta tempo, concentração e disposição. Sinto que ela ainda é sub-utilizada!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *