Por Clarissa Lutke Marques, professora e terapeuta da Escola de Leitura da Aura.

A famosa física quântica já traz que tudo é vibração, feito de energia – inclusive nós, seres humanos. E não só somos feito disso, como emanamos e absorvemos frequências o tempo todo.

Se tudo é energía que a gente emana e absorve, as chances de termos energias que não nos pertence nos influenciando ou junto da gente é bem grande.

Na grande maioria das vezes, as energias do outro que absorvemos chegam até nós porque temos uma frequência, nem que seja um pouco ou em parte, parecida com aquela que atraímos. Mas o fato de ficarmos somando frequências, especialmente quando são negativas, se torna pesado e pode complicar nossa qualidade de vida.

Ás vezes estamos sentindo raiva, tristeza, medo, ansiedades, entre tantas outras emoções, que não são nossas. Temos tudo isso dentro da gente? Temos. Mas muitas vezes a intensidade do sentimento tem a ver com o acúmulo de frequências alheias, e não exatamente com o nosso sentimento genuíno.

Quando, de alguma forma, conseguimos limpar nossa energia, temos mais clareza pra lidar com as questões. Conseguir olhar de frente pros seus próprios medos, é melhor do que tentar lidar com o seu medo sumado a energia de medo que absorvida da metade de São Paulo.

As limpezas não resolvem tudo, até por que lidar com as questões é nossa tarefa como ser humano em evolução, mas cuidando da nossa energia a gente consegue focar no que importa e não se perder na bagunça energética interna que pode vir a ser criada.

Existem várias formas de se limpar e proteger energeticamente, a Meditação das Rosas é uma delas que é bem poderosa e prática. É uma meditação ativa que limpa e protege nossa energia e os lugares que estamos. Ela serve como um banho na nossa aura, chakras, pensamentos, sentimentos e emoções. Ela é ensinada na Escola da Aura em curso presencial. Para saber mais e conhecer o calendário com os próximos cursos da Meditação das Rosas, veja aqui.

Para ler mais sobre intuição, energia, autoconhecimento, pode seguir a Clarissa Marques no Instagram Por Clarissa Marques aura.me

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *